Promo BRy Cloud Assine documentos digitais online. Simples e seguro. Experimente grátis

5 pontos a considerar na hora de escolher uma API de assinatura digital

Em um mercado altamente competitivo e em que inovação é palavra de ordem, muitas empresas buscam formas de acompanhar essas exigências e estar em consonância com as tendências do mercado.

A desmaterialização de processos é uma etapa inevitável da transformação paperless e tende, a curto prazo, deixar de ser um diferencial competitivo para se tornar requisito indispensável para a atuação das corporações.

Inserida nesta tendência está a assinatura digital de documentos, que permite às empresas eliminarem gargalos inerentes à sua atuação, da lentidão de processos burocráticos aos gastos com impressão, armazenamento e transporte de papéis (contatos, autorizações, procurações etc.).

Nesse cenário, a melhor maneira para que essas empresas consigam adotar essa tecnologia nas suas rotinas é por meio de uma API de assinatura digital, permitindo integrar essas funcionalidades ao próprio sistema de forma segura, rápida e flexível.

Neste post, veja as principais vantagens e conheça o que deve ser levado em consideração na hora de escolher uma API de assinatura digital. Acompanhe!

O que é e quais as vantagens da API de assinatura digital

Assinatura digital é uma tecnologia que utiliza criptografia para conferir autenticidade com validade jurídica a documentos eletrônicos com segurança e integridade. Em outras palavras, a assinatura digital funciona da mesma forma como as assinaturas feitas em papel e autenticadas em cartórios.

Para que um documento possa ser assinado digitalmente, é necessário contar com um certificado digital. Quando o volume de assinaturas feito por uma empresa é muito elevado, vale a pena lançar mão da integração de soluções e adicionar os recursos de assinatura digital ao sistema que a organização já utiliza.

Como comentamos, essa integração pode ser feita por meio de uma API de assinatura digital. Isso possibilita mais agilidade, economia e precisão na implantação da tecnologia às rotinas da empresa.

Vantagens de utilizar uma API de assinatura digital para integração:

  • Competitividade: a empresa passa a contar com soluções altamente tecnológicas para solucionar problemas tradicionais, garantindo mais fluidez aos processos;
  • Compliance: uma API de assinatura digital confiável segue as normas e obrigatoriedades estabelecidas pela ICP-Brasil, assegurando que a empresa mantenha-se em conformidade com a legislação vigente;
  • Economia de recursos: como comentamos, a integração por meio de API dispensa a necessidade de uma equipe dedicada ao desenvolvimento, manutenção e atualização do sistema. Além disso, reduzem-se gastos como impressão, custódia de documentos, entre outros;
  • Eficiência: como a integração via API permite que a empresa migre para o digital, o trâmite de documentos torna-se mais ágil, reduzindo a burocracia e aumentando a produtividade;
  • Otimização de processos: a API apenas adiciona as funcionalidades desejadas ao sistema que a empresa, seus clientes e colaboradores já utilizam, agilizando o processo de adaptação;
  • Paperless: como vimos, a assinatura digital permite a digitalização dos processos da empresa e possibilita a eliminação dos papéis nas suas rotinas;
  • Segurança: por meio da integração, é possível ter controle total de quem possui acesso às informações. Além disso, a empresa tem a certeza de contar com uma aplicação desenvolvida por especialistas na área.

5 pontos a considerar ao escolher uma API

Existem muitas APIs disponíveis no mercado e saber o que levar em consideração no momento da escolha é essencial para ter a certeza de contar com uma solução adequada e que atenda às expectativas da empresa. Separamos 5 pontos a considerar:

Fornecedor de confiança

Quando falamos de transformação paperless, nos referimos a investimentos que permitem às organizações tornarem-se mais ágeis e flexíveis, facilitando sua adaptação às mudanças do mercado.

Nesse sentido, a escolha de uma API de assinatura digital passa por assegurar que a solução foi desenvolvida em uma plataforma robusta e elaborada por um fornecedor que entenda o cenário atual e as exigências do setor.

Documentação

A documentação da API de assinatura digital deve ser clara, trazer exemplos relevantes e elencar todos detalhes de como ela funciona, bem como as instruções para que ela possa ser aplicada sem que haja desperdício de tempo e esforço.

Códigos de exemplo

Dependendo da complexidade da API, é fundamental que o fornecedor conte com um repositório de códigos com exemplos de uso dos serviços em diferentes linguagens de programação. Com isso, os desenvolvedores da empresa podem focar no que realmente importa, aumentando a produtividade.

Testes de certificação digital

Como vimos, para que a assinatura digital possa ser feita, é necessário que o usuário tenha um certificado digital válido. Sendo assim, é preciso garantir que os desenvolvedores possam fazer os testes necessários com certificados digitais específicos para essa finalidade. 

Suporte para implementação

Além de todos os fatores citados anteriormente, outro ponto importante na escolha da melhor API de assinatura digital é poder contar com suporte para tirar dúvidas e orientar, caso seja necessário. Em projetos mais complexos de implementação, também pode ser interessante contratar uma consultoria mais específica para realizar a integração com total segurança. 

Que tal contar com essa solução? Se quiser saber mais sobre como utilizar a API da BRy para fazer a integração de assinatura digital ao sistema da sua empresa, acesse agora mesmo nosso infográfico sobre o assunto ou entre em contato conosco!

Darlan Vivian

Receba nossas novidades

Cadastre-se na nossa newsletter e fique por dentro de tudo sobre certificação e assinatura digital

Não enviaremos spams :)

Comentários