Promo BRy Cloud Assine documentos digitais online. Simples e seguro. Experimente grátis

Diferenças entre certificado digital e assinatura digital

Dois recursos complementares que permitem reforçar a segurança da troca de informações e a comunicação em ambientes virtuais. Assim podem ser definidos o certificado digital e a assinatura digital, que são complementares mas não iguais.

Utilizados para dar validade a documentos surgidos no ambiente digital ou convertidos para o uso em dispositivos como computadores, smartphones e tablets, são eles que vão atestar a idoneidade de um documento no meio digital, garantindo que ele não seja uma cópia ou tenha sofrido qualquer adulteração. Esta é uma condição imprescindível para garantir a confiabilidade dos processos que circulam digitalmente nos tribunais de justiça do Brasil, por exemplo. Mas o certificado digital e a assinatura digital podem ser aplicados em diversas outras situações.

Pelo fato de os nomes compartilharem a expressão “digital”, é comum confundir as definições de ambos ou até acreditar que se tratam da mesma coisa. Para esclarecer de uma vez por todas essa situação, nossos especialistas elaboraram este infográfico que explica definitivamente quais são as características tanto dos certificados quanto das assinaturas.

Para começar a entender essas duas situações, é preciso antes de tudo esclarecer: a certificação digital só tem validade no país por conta da criação da Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira (ICP-Brasil) que ocorreu por meio de uma medida provisória assinada em 2001. Ela criou a hierarquia de confiança que possibilita a emissão de certificados digitais para a identificação virtual de um cidadão. O processo é relativamente complexo, mas você pode entender melhor sobre como esse sistema funciona lendo mais sobre o fluxo dessa infraestrutura.


Certificado digital ou assinatura digital: o que se aplica à cada situação?

Como os mecanismos são diferentes e complementares, é comum que ambos sejam necessários para diversos tipos de ação.

Enquanto o certificado digital funciona como uma espécie de carteira de identidade eletrônica para pessoas ou empresas ao garantir a autenticidade sem a necessidade de uma representação presencial, a assinatura digital é uma técnica criptográfica que autentica os documentos e garante a validade jurídica de um arquivo .PDF, .DOC ou outros formatos usados pelos computadores. Dessa forma, os certificados acabam sendo obrigatórios para fazer as assinaturas porque é ele quem vai dar credibilidade a todas as transações.

Mais segurança, agilidade e menos burocracia

Uma das principais funções do uso conjunto do certificado digital e da assinatura digital é otimizar processos. Ao evitar a necessidade de assinatura física de documentos, as rotinas inerentes ao mundo analógico como impressões, carimbos e deslocamento físico de documentos acaba. O resultado alcança tanto o departamento financeiro, com a redução de custos destinados a essas práticas, quanto às entregas de modo geral porque tudo tende a andar mais rapidamente.

Outra característica é a possibilidade de, conforme a necessidade de cada negócio, saber exatamente em que ponto está cada solicitação. No meio digital, a tramitação pode ser monitorada mais de perto com a atribuição clara de prazos e prioridades para cada necessidade.

Aqui vale destacar: é impossível adulterar um documento assinado digitalmente sem invalidar a assinatura e deixar “rastros” de que isso aconteceu. Todas as informações gravadas e criptografadas possuem traços únicos que não podem ser replicados em um contexto diferente daquele em que foram criadas.

Vantagens do uso dos certificados e das assinaturas digitais

No infográfico sobre as diferenças entre certificado digital e assinatura digital você vai ter acesso às possibilidades que esse recurso criptográfico proporciona. Entre elas, estão:

  • possibilidade de assinatura a partir de qualquer lugar;
  • validade jurídica idêntica ao CPF e CNPJ, garantida por força de lei;
  • segurança: garantia de autenticidade do signatário e integridade das informações assinadas;
  • possibilidade de utilizar facilidades online de diversas empresas, órgãos públicos e fazer a Declaração do Imposto de Renda pela internet.

Para saber mais e começar uma cultura paperless na sua empresa, acesse agora o nosso infográfico, aprenda mais sobre certificação digital no nosso blog e visite o nosso site.

Alex Sandro da Silva Pereira

Receba nossas novidades

Cadastre-se na nossa newsletter e fique por dentro de tudo sobre certificação e assinatura digital

Não enviaremos spams :)

Comentários