Promo BRy Cloud Assine documentos digitais online. Simples e seguro. Experimente grátis

BaaS: serviços financeiros como oportunidades para sua empresa

Não sabe ao certo o que é BaaS? Aqui nós explicamos! BaaS, ou Bank as a Service, é mais um exemplo de como a tecnologia pode abrir portas para novos negócios.

Esse é um conceito que ainda está em expansão no Brasil e representa uma ótima oportunidade para as empresas ofertarem serviços financeiros. 

No entanto, é preciso ter cuidados. Quando se trata de informações financeiras e dados sensíveis, é necessário ter processos e tecnologias para evitar fraudes, vazamentos e golpes.

Que tal se aprofundar no assunto? Acompanhe neste post.

O que é BaaS?

BaaS (Bank as a Service) se refere à tecnologia que permite às empresas oferecerem produtos e serviços financeiros. E não é preciso, para isso,  ser um banco ou instituição financeira: qualquer tipo de negócio pode adotar o conceito.

Com isso, empresas que não estão no nicho financeiro podem oferecer, por exemplo, contas digitais, cartões de crédito e débito e ambientes de pagamento.

Um exemplo são os grandes e-commerces que já oferecem cartões e aplicativos para gerenciar suas contas digitais.

BaaS e Open Banking

O BaaS também está relacionado ao conceito de Open Banking. Este último é um sistema financeiro aberto, criado pelo Banco Central. 

O objetivo é promover transparência, inovação e a ampla concorrência no mercado financeiro. Assim, obtém-se melhor oferta de produtos e serviços financeiros para o consumidor.

Nesse sentido, o Open Banking é como uma extensão do BaaS, sendo que um se beneficia e viabiliza o funcionamento do outro.

Portanto, a relação entre BaaS e Open Banking se dá enquanto o BaaS possibilita que qualquer tipo de empresa ofereça produtos e serviços financeiros, e o Open Banking aumenta as opções e concorrência entre o que pode ser ofertado, regras e diretrizes.

Como funciona o Banking as a Service?

Além de entender o que é BaaS, saber como essa tecnologia  funciona é importante para proteger os dados dos seus clientes.

O Banking as a Service funciona por meio de uma API (Application Programing Interface, ou Interface de Programação de Aplicação). Essa é uma tecnologia que permite integrar softwares.

Com isso, a sua empresa consegue fazer uma “comunicação” e integração de tecnologias entre o desenvolvedor (normalmente as fintechs) e o seu negócio.

Isso é possível porque parte das APIs são documentações instruindo os responsáveis pela implementação quanto aos padrões de programação para a integração. Entre essas normas para implementação, há os requisitos para segurança de dados e responsabilidades do desenvolvedor e sua empresa.

Então, em suma, o BaaS funciona integrando empresas do setor financeiro (bancos, fintechs e instituições financeiras) que já oferecem serviços e produtos financeiros a negócios que querem disponibilizar essa opção para os seus clientes. Essa “liga” é feita por meio das APIs.

A partir disso, podem ser oferecidos serviços como:

  • Cartões de crédito
  • Cartões de débito
  • Cartões pré-pago
  • Contas digitais
  • Empréstimos peer-to-peer (P2P)
  • Transferências
  • PIX
  • Pagamentos online
  • Cashback
  • Recargas de celular

Exemplos de empresas que usam o BaaS

Um exemplo disso é a Magazine Luiza. A gigante do e-commerce passou a oferecer cartões de crédito com vantagens exclusivas para os seus clientes, além de uma conta digital. Porém, o responsável pelos serviços é o Banco Itaú.

Outro modelo de BaaS, na prática, é a Lojas Americanas com a sua vertente Ame, na qual o cartão e conta digital são disponibilizadas pelo Banco do Brasil.

Quais são as vantagens para a sua empresa?

Oferecer cartões de crédito com condições especiais, descontos e contas digitais são gatilhos que vem atraindo uma massa de consumidores.

Veja só quais são os impactos positivos da tecnologia BaaS para a sua empresa.

Atração e retenção de clientes

As facilidades, acessibilidade e menores custos gerados com as contas digitais e PIX fizeram esses serviços se tornarem os preferidos dos consumidores. Nesse sentido, as possibilidades geradas pelos BaaS se configuram como uma vantagem competitiva para a sua empresa.

Após a atração com vantagens especiais e serviços financeiros, a proposta do Banking as a Service facilita o funil de fidelização de vendas. Isso acontece porque as contas digitais, cartões de crédito e outros serviços se tornam um vínculo a mais entre cliente e empresa.

Quando isso é somado a um bom atendimento, tecnologias intuitivas e responsivas e experiência positiva com a marca, além da fidelização, os consumidores começam a fazer indicações dos seus serviços.

Praticidade para os pagamentos

Outra vantagem do BaaS para as empresas é a praticidade que essa tecnologia proporciona para os clientes e para o seu negócio. Isso porque é mais rápido e prático que o consumidor faça os pagamentos no seu sistema.

Afinal, você não dependerá dos bancos ou instituições financeiras para intermediarem as transações, pois a API permite essa independência. Isso ajudará também no setor de controle financeiro e de atendimento ao cliente da sua empresa.

Com tudo centralizado, as informações ficam mais acessíveis para os atendentes, permitindo soluções de problemas em menor tempo.

Redução de custos

Um dos principais benefícios das tecnologias financeiras é a redução de custos. Gastos com manutenções de contas, hospedagens, pagamento de serviços e taxas bancárias, por exemplo, são reduzidos consideravelmente, ou até mesmo extintos.

Dessa forma, você consegue repassar a economia para o consumidor em forma de descontos exclusivos para clientes, por exemplo. 

Além disso, não é preciso manter equipes tão complexas e robustas para a manutenção e implementação das APIs. Basta que seu time de tecnologia entenda sobre esse tipo de aplicação.

O que é preciso para desenvolver um BaaS?

Certo, você já entendeu o que é BaaS e as diversas vantagens que podem oferecer para a sua empresa. As dúvidas que ficam são: por onde começar? Será que a minha empresa pode implementar o Banking as a Service?

Para ajudar no seu planejamento de implementação, confira o que não pode faltar para desenvolver um BaaS e oferecer serviços financeiros no seu negócio.

Mapeamento de necessidades

O primeiro passo para implementar o BaaS na sua empresa é fazer um mapeamento de necessidades e oportunidades. Por isso, antes, é importante fazer uma pesquisa de mercado e com o seu público.

Selecione os parceiros  

Quais bancos ou fintechs você pode solicitar a API? Quais são as suas opções de mercado para fornecedor alinhado ao seu negócio?

Nessa etapa, busque por marcas que o ajudem no processo de implementação, tenham boas políticas de segurança e privacidade de dados e ofereçam soluções intuitivas, com boa experiência.

Tudo isso fará diferença no momento da implementação e durante as manutenções e atualizações por parte da sua equipe.

Integre a API

Com as necessidades e oportunidades mapeadas, é o momento de implementar a API. Esse processo requer uma equipe técnica. Normalmente, isso é feito por meio de plataformas de API com código aberto.

Assim, os dados da empresa desenvolvedora podem ser integrados e cruzados de forma simples com a sua empresa. A partir disso, poderá criar, disponibilizar e divulgar as suas soluções, serviços e plataformas financeiras.

Implemente sistemas de segurança e antifraude

Contas e serviços financeiros digitais são muito eficientes e benéficos para empresas e consumidores. No entanto, é preciso proteger dados e informações dos seus clientes.

Nesse sentido, uma tecnologia que vem evitando golpes e é muito segura é a autenticação de dois fatores. Dentro desse nível de segurança podem ser selecionadas duas formas para confirmar que o usuário é quem diz ser.

Uma das formas de fazer isso é por meio da biometria. Essa tecnologia de segurança (que não é recente!) permite que o seu sistema faça o reconhecimento de padrões por meio de criptografia, inteligência artificial e machine learning.  

A identificação biométrica aumentará o nível de segurança dos dados, além de gerar mais confiança nos clientes que aderem aos seus serviços financeiros. Afinal, quem não tem o pé atrás na hora de compartilhar dados, principalmente quando se trata de informações financeiras?

Até aqui, você pôde perceber que o conceito de BaaS abre muitas oportunidades de negócios. No entanto, a segurança precisa ser uma das suas prioridades.

Se você está pensando ou está em processo de implementar o Banking as a Service na sua empresa, confira o nosso guia: Biometria: o que você precisa saber antes de implementar na sua empresa.

Inserindo as informações acima você entrará para nossa lista de contatos e poderemos lhe enviar e-mails com novidades dos nossos serviços, direcionar anúncios e promoções. Caso não queira fazer parte da nossa lista, basta se descadastrar no próprio anúncio ou no e-mail recebido.

Carlos Francisco Tatara

Inserindo as informações acima você entrará para nossa lista de contatos e poderemos lhe enviar e-mails com novidades dos nossos serviços, direcionar anúncios e promoções. Caso não queira fazer parte da nossa lista, basta se descadastrar no próprio anúncio ou no e-mail recebido.

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *